18º FESTIVAL DA LIMPEZA DE ARARAS É ABERTO COM CAFÉ DA MANHàCOMUNITÁRIO

Um café da manhã comunitário abriu este ano o 18º Festival da Limpeza de Araras na  terça-feira (19/09), às 9 horas, no salão do Celar (Estrada Bernardo Coutinho, 1710). Organizado pela oscip Projeto Araras, o evento reuniu mais de 50 pessoas e foi o pontapé inicial para uma série de ações em defesa do meio ambiente que acontecerão até o dia 30. Este ano, o tema principal – “Rio Araras que te quero limpo”- não só retoma a necessidade de se repensar a forma de despejo de lixo e esgoto no rio, mas também alerta o setor público para a urgência de um plano para que a região tenha o devido tratamento de esgoto sanitário. “O Projeto Araras acaba funcionando como uma grande ouvidoria dos moradores e essa agora é a pauta do momento”, afirmam a presidente da oscip, Nora Hokoç, e a vice-presidente, Fernanda Reis.

No evento, estavam representantes do setor público como a Comdep (com o diretor Carlos Alberto Salgueiro, o gerente de Coleta Geral, Breno Lorang e o encarregado de coleta seletiva, Eneias Avelino dos Santos), o Inea (com o Superintendente Regional do Piabanha, Alexandre Becker de Castro e a Chefe da Rebio Araras, Isabela Bernardes Lima), a secretaria do Meio Ambiente, (com o coordenador de educação ambiental, Anderson Felipe), a Águas do Imperador (com supervisor de Manutenção de Serviços Lielso da Costa e a assessora de Comunicação Deca D´Ângelo), a Câmara de Vereadores (com o vereador Leandro Azevedo) e representantes das regiões de Vista Alegre e Santa Luzia, além do presidente da Associação de Moradores de Araras, Vagner Branco e do agente regional da Prefeitura João Rafael Carvalho.

“Nós acabamos fazendo a ponte entre os moradores e os setores públicos envolvidos em cada questão que afeta a nossa região”, disse Fernanda Reis durante apresentação do Café da Manhã. Ela relatou as dificuldades do Projeto Araras na sustentabilidade dos programas desenvolvidos e pediu a parceria do Poder Público para a manutenção desse trabalho, no sentido de estarem juntos definindo e atuando em questões importantes, como a de construção de biodigestores nas regiões de Vista Alegre e Santa Luzia. “Temos um morador que pode ceder parte do terreno para essa construção, desde que a Prefeitura e Águas do Imperador sinalizem com um plano de trabalho e cumpram o estipulado. Já iniciamos ações de educação ambiental com moradores desta região junto com a ONG Save the Children e C&A Foundation, dentro do projeto de cidades resilientes, que também tem a parceria da secretaria de Defesa Civil”, completou.

O biólogo e professor Sergio Escarlate fez uma breve explanação sobre o caminho do Rio Araras e relatou a última análise bacteriológica feita pelo Projeto Araras no festival do ano passado, com a parceria do Laboratório Baffi: “Os dados são alarmantes”, diz o professor. “Do ponto mais próximo da nascente – dentro da reserva Biológica de Araras – até o Poço dos Peixes, na entrada de Araras, o Rio recebe cargas tão grandes de esgoto que o volume bacteriológico aumenta em 1 milhão 920 mil na contagem total de colônias bacteriológicas por litro de água”, explica, para em seguida perguntar: “O que podemos fazer para recuperar esse rio?”, perguntou.

Além da temática do Rio Araras, outras importantes questões foram citadas durante o encontro, como a das queimadas, a necessidade de regularização da coleta seletiva pela Comdep, a troca de lixeiras ou um novo tratamento para os equipamentos ao lado da guarita da PM na entrada do bairro. Alunos do Colégio Anglicano também estiveram presentes e relataram o trabalho que vêm realizando junto ao projeto”Fortalecendo a Resiliência”, que fortalece as redes escolares locais.

A ideia do Festival também é a de mobilizar a comunidade para estas questões, debatendo os problemas do Rio Araras e procurando alternativas para reverter a situação. Enquanto os moradores participam da mobilização geral, os estudantes recebem palestras e workshops de educação ambiental com voluntários convidados pelo Projeto Araras. A maioria das palestras e workshops será feita com a parceria da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes (centro de Araras) que cedeu o Salão para os eventos. A programação completa do Festival está no site www.projetoararas.org.br e no facebook do Projeto Araras.

Anúncios

18° Festival da Limpeza começa semana que vem! Seja um voluntário e venha cuidar de Araras

O Projeto Araras está fazendo os últimos preparativos para mais um Festival da Limpeza, evento que deu início às fortes mobilizações por uma Araras melhor em 2000 e também origem da criação da nossa ong. Este ano, serão duas semanas com palestras, workshops, mutirões, cineclube, entre 19 e 30 de setembro. Por isso, precisamos também da sua ajuda como voluntário para os preparativos de cada ação. Que tal? Entre em contato conosco pelo 2225-0383 ou 2225-0585.

Nosso tema neste 18° Festival da Limpeza será olhar novamente para os rios da região que compõem a microbacia do Rio Araras e, por isso, vamos falar dos problemas e buscar as soluções. Vem com a gente para o Café da Manhã Comunitário de abertura do festival, às 9h do dia 19 de setembro, no Salão do Celar (Estrada Bernardo Coutinho, 1710). Juntos poderemos discutir os principais problemas do Rio Araras.

faixa 18 FL Projeto Araras

Reunião do Comitê da Bacia do Piabanha: por um cuidado maior com rios e mananciais

O Projeto Araras inicia uma participação mais efetiva no Comitê Piabanha, órgão colegiado que integra o Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos, amparado por lei estadual. Sua principal atribuição é promover a gestão descentralizada e participativa dos recursos hídricos da Região Hidrográfica IV do nosso estado, a do Rio Piabanha, e onde está inserida a micro bacia do Rio Araras.

Na 60ª Reunião Ordinária do Comitê, que aconteceu no dia 15 de agosto, o Projeto esteve presente para convidar participantes do Comitê para o 18º Festival da Limpeza de Araras, que este ano acontece entre 19 e 30 de setembro, e cujo tema será mais uma vez sobre o nosso Rio Araras e todas as formas para salvá-lo. O presidente do Comitê, Paulo Leite, vai preparar uma palestra sobre a microbacia do Rio Araras, com dados sobre a nossa região. Você vai ter a chance de conhecer por que estamos nos preocupando tanto com essa microbacia, sua importância e como podemos fazer para melhorar a situação.

A palestra vai acontecer no dia 19 de setembro, às 9h, no salão do Celar, na estrada Bernardo Coutinho, 1710. Já estão todos convidados!

 

 

reunião Comitê da Bacia do Piabanha em 15_08_2017

Presidente do Comitê do Piabanha, Paulo Leite.

Estudantes visitam a 2ª Jornada Ambiental de Itaipava

A diversidade brasileira e, principalmente, de nossa região, está lá no Shopping Itaipava, à disposição das caravanas de estudantes.. estão lá informações sobre a APA Petrópolis, sobre incêndios  nas  matas, sobre a Reserva Biológica de Araras e muito mais! Projeto Araras presente nessa mobilização a favor do meio ambiente! Confira  nas fotos, a temática principal sobre o turismo sustentável.

Projeto Araras participa da 2ª Jornada Ambiental do Shopping Itaipava

Apresentar aos estudantes locais e visitantes do shopping as principais questões ambientais da região. Este é um dos objetivos da 2ª Jornada Ambiental do Shopping Itaipava que acontece de 22 a 25 de junho.

O Projeto Araras foi convidado a participar com um pequeno estande institucional no segundo andar do shopping, se integrando aos participantes para evidenciar que a mobilização da sociedade civil é igualmente importante para solucionar os problemas voltados para o meio ambiente.

Estaremos lá distribuindo folderes, apresentando nossas propostas e vendendo camisetas e produtos artesanais feitos com recicláveis. O Projeto Araras existe há 16 anos, comprovando que esse modelo de organização da sociedade civil dá certo!